ONU suspende suas operações através de cais provisório em Gaza

Início » Blog » ONU suspende suas operações através de cais provisório em Gaza

O Programa Mundial de Alimentos (PMA), responsável por entregar a ajuda que chega a Gaza através do cais temporário instalado pelos Estados Unidos, suspendeu suas operações nesse local para avaliar a situação de segurança, anunciou um porta-voz da ONU nesta segunda-feira (10).

“Nossos colegas do Programa Mundial de Alimentos nos dizem que suspenderemos temporariamente as operações no cais flutuante até que se realize uma avaliação para garantir a segurança de nosso pessoal e de nossos parceiros”, afirmou Stéphane Dujarric, porta-voz do secretário-geral da ONU.

Perguntado sobre os motivos dessa interrupção, Dujarric mencionou a operação israelense de sábado para libertar quatro reféns em Nuseirat, que deixou 274 mortos e 698 feridos, segundo o Ministério da Saúde do Hamas.

“Vimos o que aconteceu em Gaza neste fim de semana, vimos alguns relatos na imprensa e tomamos nota da declaração pública do comando do Centcom dos Estados Unidos que dizia que o cais não foi utilizado na operação das forças israelenses vinculadas aos reféns”, declarou.

“Acho que é normal que, depois de uma operação deste tipo que causou tantas vítimas, nossos colegas humanitários tenham um descanso para avaliar a situação”, acrescentou, esperando que as entregas possam ser retomadas “o mais rápido possível”.

No sábado, o Exército americano anunciou que havia retomado o envio de ajuda humanitária no cais provisório instalado na costa de Gaza, que precisou passar por reparos após sofrer danos por uma tempestade no fim de maio.

No entanto, fortes ondulações impediram o desembarque de ajuda no domingo e nesta segunda, de acordo com um porta-voz do Pentágono, que espera retomá-lo amanhã.

Uma vez descarregada a ajuda, o PMA é o responsável por transportar os caminhões a seus depósitos, onde a ajuda fica à disposição das agências da ONU e de ONGs para distribuição. AFP

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agropecuária-COnfiança-1