Em reunião com reitores, Lula diz não ver razão para greve durar tanto

Início » Blog » Em reunião com reitores, Lula diz não ver razão para greve durar tanto
Em reunião com reitores, Lula diz não ver razão para greve durar tanto
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, 13 de maio de 2024 em Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que não vê razão para a duração da greve dos professores e servidores das instituições federais de ensino e fez um apelo pelo encerramento da mobilização.

As declarações ocorreram nesta segunda-feira, 10, no encontro do governo com reitores, em meio a uma greve de universidades federais. Professores e servidores cobram reajuste salarial em 2024, reestruturação da carreira e revogação de normas aprovadas nos governos anteriores.

“Eu acho que, nesse caso da educação, se vocês analisarem o conjunto da obra, vocês vão perceber que não há muita razão para essa greve estar durando o que está durando, porque quem está perdendo não é o Lula, não é o reitor, é o Brasil e os estudantes brasileiros”, afirmou.

Lula também disse que dirigentes sindicais “precisam ter coragem de propor, negociar e tomar decisões que não são o ‘tudo ou nada’” e que “greve tem tempo para começar e para terminar”.

O presidente afirmou que os grevistas não podem permitir que a greve “termine por inanição” e pediu para que os participantes da mobilização também considerem os anúncios da ministra da Gestão, Esther Dweck, em relação aos salários, além dos investimentos em infraestrutura.

“Vamos ver os outros benefícios. Vocês já têm noção do que foi oferecido? Vocês conhecem o que foi oferecido?”, afirmou Lula aos reitores. “O montante de recursos que a companheira Esther colocou à disposição é um montante de recursos não recusável. Eu só quero que levem isso em conta.” EC

 

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agropecuária-COnfiança-1