Cuba tem primeira morte em protestos contra governo

Ao menos uma pessoa morreu durante os protestos contra o governo de Cuba, que vem registrando a maior onda de insatisfação popular no país em quase 30 anos.

A vítima é um homem de 36 anos, Diubis Laurencio Tejeda, que protestava na periferia da capital Havana na última segunda-feira (12), de acordo com o próprio Ministério do Interior. A imprensa oficial diz que Tejeda participava de “distúrbios”.

Os protestos eclodiram no domingo (11), em meio a uma crise econômica e sanitária agravada pela pandemia do novo coronavírus, com filas para obter comida, escassez de medicamentos e recorrentes cortes de energia.

Ansa
11:20:02

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *