Vanessa Moreira Terapeuta

PAI E MÃE NO OLHAR DA CONSTELAÇÃO FAMILIAR

Bert Hellinger diz que o nosso relacionamento com nossos pais refletem fortemente no nosso movimento na vida. A forma como nos relacionamos com eles é a forma que nos colocamos no mundo, e por isso este relacionamento é tão definidor.

A Mãe

Segundo Bert Hellinger o criador das constelações familiares, o sucesso tem o rosto da mãe. O primeiro e decisivo sucesso em nossa vida é o nascimento, e esse sucesso continua a nos apoiar ao longo da vida.

O próximo evento para o sucesso seria a amamentação. Ganhamos a vida novamente com o seu leite. Precisamos sugar para seu leite fluir, precisamos chamar para que ela venha, precisamos nos alegrar com o que ela nos dá. Através dela nos tornamos mais ricos.

Mais tarde na vida vemos que aqueles que tiveram sucesso pleno tomaram sua mãe exatamente assim, e tornaram-se felizes e vitoriosos.

Em geral, como nos relacionamos com a nossa mãe é como nos relacionamos com a vida, incluindo o sucesso na vida profissional, nos relacionamentos, com a família atual. Se nós rejeitamos a nossa mãe, nós também rejeitamos a vida, e na mesma medida, o sucesso e a vida nos rejeitam. Seguindo este mesmo movimento, as pessoas felizes em relação à sua mãe amam a vida, e assim como sua mãe dá a elas cada vez mais, à medida que dela tomam com amor, com a mesma intensidade, ela terá sucesso.

Aqueles que têm reservas sobre suas mães, também têm reservas sobre a vida e a felicidade. Assim como suas mães se retiram deles como resultado de suas reservas e da rejeição, a vida e o sucesso se retiram também.

O Pai

Durante a infância a mãe apresenta o pai ao filho, segundo Bert Hellinger esse é o papel ativo da mãe. O pai então mostrará o mundo, o diferente, a diversidade, a coragem e os desafios, complementando o que veio da mãe e integrando várias informações e aprendizagens para um crescimento e desenvolvimento saudável do filho.

Em alguns casos, o pai morre cedo, ou há conflitos e separação entre o casal, e o pai se afasta do filho, deixando um vazio que não pode ser preenchido por nenhuma outra pessoa.

Esse afastamento pode partir também do pai ou da mãe, por mágoa ou raiva. A exclusão do pai gera consequências negativas para todos, sem exceção.

Em lealdade a mãe o filho se revolta com o pai, mas em algum momento no futuro ele se revoltará por ter sido afastado do pai, e de alguma forma ele irá honrar o pai e se revoltará contra a mãe, muitas vezes isso acontece de forma inconsciente.

“Somente na mão do pai a criança ganha um caminho para o mundo. As mães não podem fazê-lo. O amor dele não é cuidadoso nesta forma como é o amor da mãe. O pai representa o espírito, por isso o olhar do pai vai para a amplitude. Enquanto a mãe se move dentro de uma área limitada, o pai nos leva além desses limites para uma amplitude diferente”

-Bert Hellinger

Quer saber mais sobre a constelação familiar e hipnose clínica?

Visite a nossa fanpage:
https://www.facebook.com/constelacaopv/
https://www.facebook.com/vanessamoreiraterapeuta/

Agende sua sessão pelo whats (18) 99823- 0764
Atendimento em Pres. Venceslau e Pres. Prudente

Vanessa Moreira Terapeuta
Hipnoterapeuta certificação nível internacional
Formada em Constelação Familiar
Coach pela Instituto Holos e Faculdade Facon

15:00:03

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *