Serial killer é preso por matar quatro mulheres no interior de SP

A Polícia Civil de Sorocaba (SP) divulgou nesta segunda-feira (13) a conclusão de investigação de quatro feminicídios registrados na cidade vizinha de Votorantim nos últimos quatro anos.

Everton Julio Soares, de 27 anos, considerado um serial killer, foi apresentado como autor dos crimes cometidos em 2014, 2015 e dois em 2017.

O assassino já cumpre prisão preventiva desde fevereiro deste ano pela morte de Mara Aparecida de Faria, encontrada morta, seminua e com o rosto parcialmente queimado em uma quadra esportiva da Vila Garcia, em dezembro do ano passado. O pai dele também está preso, pois uma testemunha relatou à polícia que o homem participou do crime.

Além de Mara, morta em dezembro passado, foram vítimas do serial killer Jéssica Roberta Pereira, 30 anos, morta em 17 de maio de 2014; Rosângela da Cruz Silva, 50 anos, assassinada em 18 de abril de 2015; e Lúcia Yumi Ukai Fukany, 52 anos, morta em 19 de março do ano passado.

De acordo com o delegado seccional Marcelo Carriel, a polícia vai pedir a prisão do homem pelos outros três crimes elucidados.

Segundo o delegado, o que chamou a atenção dos investigadores foi a forma quase idêntica que Everton cometeu os assassinatos.

A investigação mostrou que Everton atraía as mulheres para terrenos baldios e tentava manter relações sexuais com elas. Como não conseguia, matava as vítimas.

A polícia informou que os crimes foram cometidos em um raio de dois quilômetros da casa do suspeito.

“Através da prisão do último feminicídio, em dezembro, conseguimos ligar o mesmo autor aos outros três crimes. Ele matava com golpes perto da cabeça e em dois casos ateou fogo no rosto das vítimas”, afirma Carriel.

Ainda conforme a polícia, Everton já tinha passagens por furto e ameaça, e apesar de negar os crimes, Carriel afirma que as provas recolhidas pela investigação não deixam dúvidas.

G1
09:55:02

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *