Pix: grana cai na conta em 10 segundos a partir desta segunda-feira

O Pix, novo sistema de pagamentos e transferências bancárias, começa a funcionar para toda a população a partir desta segunda-feira (16).

Criado pelo Banco Central, o Pix é um meio de pagamento igual a uma TED ou Doc, com a diferença de pagamentos e transferências realizados via Pix serão finalizados em no máximo dez segundos e estarão disponíveis sete dias por semana, 24 horas por dia, todos os dias, incluindo sábados, domingos e feriados.

Do dia 3 ao dia 15, o Pix funcionou de forma restrita, apenas para clientes selecionados que tiveram acesso a todas as funcionalidades, como a de iniciar pagamentos. A partir de agora, na chamada fase de pleno funcionamento, todos os clientes poderão fazer e receber pagamentos e transferências.

Fase de pleno funcionamento
• Todos os clientes podem fazer e receber pagamentos pelo Pix
• Horário de funcionamento será 24 horas por dia, incluindo finais de semana e feriados.

Dinheiro muda de conta em até 10 segundos

Pagamentos e transferências realizados via Pix terão compensação quase imediata, já que a transação deve demorar no máximo 10 segundos para ser concretizada.

O diretor de política de negócio e operações da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Leandro Vilain, alerta que apenas nos casos em que houver suspeita de fraude e em horários diferenciados, como finais de semana e madrugada, os pagamentos e transferências podem demorar até 60 minutos para serem verificados.

“Se uma transação for feita fora do padrão, o próprio sistema de segurança do banco estabelece uma análise mais detalhada, como é feito hoje no cartão de crédito, por exemplo”, diz Vilain.

R7
09:20:02

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: