Mudanças na aposentadoria

A Câmara abriu às 17h28 de ontem sessão no plenário para retomar a análise das propostas de mudanças (chamadas de destaques) no texto-base da reforma da Previdência, aprovado em 1º turno na quarta (10). Mas os debates e votações seguiram entraram pela madrugada e ainda não foram concluídos.

O presidente da Casa, Rodrigo Maia, encerrou a sessão pouco antes das 2h e convocou outra sessão para a manhã desta sexta, para tentar terminar a votação dos destaques.

Aprovado até agora

Durante votação dos destaques, o plenário aprovou a redução, de 20 para 15 anos, o tempo mínimo de contribuição exigido para homens do regime geral (setor privado) poderem se aposentar, emenda que altera a regra para cálculo do valor da aposentadoria de mulheres e favorece viúvas que recebem pensões, e também uma mudança que suaviza regras de aposentadoria para policiais.

Após a votação ser concluída, o texto voltará para a comissão especial da Câmara para ser liberado para entrar em votação em 2º turno no plenário.

G1
09:05:03

1 Comment

  1. G1: “ninguém escondeu” diz ministro sobre liberação de emendas durante a votação da previdência: em três dias governo liberou mais de 1,7 bilhão em emendas parlamentares! Ué mas o Bolsonaro disse que no governo dele não iria ter o toma lá da cá! que o Brasil está quebrado até por isso foi cortado dinheiro da saúde e educação para dar $$ para amigos votar a reforma contra os mais pobres! dinheiro tem? me recuso acreditar que eleitores do Bozo concordam com isso?
    #eusouLula #LulaLivreJá LulaInocente

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *