Luxemburgo minimiza reclamação de Guerra sobre falta de espaço no Palmeiras

O técnico Vanderlei Luxemburgo, do Palmeiras, minimizou na quarta-feira a reclamação do meia venezuelano Alejandro Guerra sobre a falta de oportunidades no clube. Em entrevista à imprensa de seu país, o jogador havia dito que se sente desvalorizado por ter de treinar em horários alternativos aos da equipe principal e sem perspectiva de ser escalado no time.

Durante entrevista coletiva virtual, Luxemburgo disse compreender a reclamação de Guerra. “São declarações que serão normais no futebol e não é uma declaração que me incomoda. É um direito dele externar seu ponto de vista”, comentou o treinador. “Vi essa declaração tantas e tantas vezes na minha vida de futebol profissional que não é novidade para mim. Não tenho que discutir”, completou.

Em conversa com o podcast venezuelano El Drink Team, Guerra afirmou que merece mais respeito no clube. “Estava treinando à parte, em outro horário. Isso não se faz com ninguém, é uma falta de respeito, em todos os sentidos da palavra”, disse. “É uma falta de respeito comigo. Ninguém merece isso. Isso me deixa triste, me faz não confiar no meu potencial, no meu futebol. O que me dá forças é ficar com minha família em casa”, acrescentou.

Estadão Conteúdo
11:45:03

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: