Hidratantes e protetores solares: otimize os benefícios com segurança

Hidratante com filtro solar e filtro solar com hidratante. Parece só uma questão de adequação linguística… Mas qual a diferença? Eles cumprem a mesma função? Qual protege mais? Qual hidrata mais? Um pode substituir o outro? Para sanar essas dúvidas e não errar na escolha dos produtos, conversamos com a dermatologista Juliana Piquet, do Rio de Janeiro. E já de cara ela explica que não, eles não são iguais. “A diferença principal dos protetores solares é a associação de filtros químicos (orgânicos) e físicos (inorgânicos), que ampliam o espectro, a cobertura e a eficácia. Em sua fórmula, existem ativos primários – os filtros solares propriamente ditos – e ativos secundários – como, por exemplo, hidratantes, antioxidantes e controladores de oleosidade. Mas o objetivo principal do produto é proteger, sendo a hidratação um benefício extra”.

No caso de hidratantes com filtro, ela explica que em geral o fator de proteção solar (FPS) é baixo, pois há menos ativos, já que a função primordial do produto não é proteger, mas hidratar. “Mas é claro que existem exceções, e alguns hidratantes chegam a associar FPS 60 à fórmula. Outra questão é que cada tom de pele precisa de um tipo de proteção e é difícil generalizar. Mas em regra geral, o fator de proteção deve ser, no mínimo, 30. Se quem vai usar não tem melasma, por exemplo, pode substituir o filtro no dia a dia, na exposição solar incidental.”.

Marie Clarie
19:00:02

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: