Greve dos Correios: sindicatos iniciam greve nesta quarta-feira após mediação do TST

Sindicatos de funcionários dos Correios anunciaram que estão em greve a partir da noite desta terça-feira, 10. Os trabalhadores afirmam que o objetivo da mobilização é impedir a redução de salários e de benefícios. Eles também se colocam contra a privatização da estatal, que está no radar da secretaria de desestatizações do governo federal.

Uma possível paralisação dos trabalhadores dos Correios era discutida há mais de um mês. Em 30 de julho, os sindicatos suspenderam o indicativo de greve após o início de uma negociação medidada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST).

De acordo com Fischer Moreira, secretário de imprensa da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), a mediação foi suspensa e a greve foi iniciada após os Correios se recusarem a seguir com a negociação.

“Quando o TST propôs a prorrogação do processo negocial, deu prazo até sexta-feira (30) pra a gente se posiconar. As assembleias aprovaram, mas os Correios avaliavam que não tinha o que ser negociado”, afirma.

Estadão Conteúdo
10:50:02

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *