Egípcio suspeito de ajudar Al-Qaeda é procurado no Brasil

O FBI, a polícia federal dos Estados Unidos, anunciou nesta segunda-feira (12) que está procurando um egípcio no Brasil suspeito de pertencer à rede terrorista Al-Qaeda.

De acordo com a agência norte-americana, o egípcio é chamado Mohamed Ahmed Elsayed Ahmed Ibrahim e possui 42 anos de idade.

Ele é procurado para ser interrogado pelas autoridades sobre o “papel que supostamente desempenhou como agente e facilitador” da organização fundada por Osama bin Laden.

“Ele esteve, supostamente, envolvido no planejamento de ataques contra os Estados Unidos e seus interesses, e no fornecimento de apoio material para Al Qaeda desde, aproximadamente, 2013”, informou o comunicado divulgado pelo FBI.

Além disso, o órgão norte-americano alertou que o egípcio “deve ser considerado armado e perigoso”. O FBI ainda informou que qualquer informação sobre o homem seja repassada a uma embaixada ou consulado dos Estados Unidos.

De acordo com uma nota divulgada pelos ministros das Relações Exteriores e da Justiça e da Segurança, Ibrahim chegou no Brasil em 2018 e conseguiu obter autorização de morar no país. “O governo brasileiro está aberto a cooperar com as autoridades norte-americanas no que for solicitado, nos termos de nossa legislação, e está acompanhando o caso”, informou a nota.

No final de julho, os serviços de inteligência dos Estados Unidos revelaram que têm informações que levam a crer que um dos filhos do terrorista Osama bin Laden, Hamza bin Laden, estaria morto.(ANSA)

12:45:03

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *