CPI de Brumadinho

Um funcionário da Vale e três engenheiros de empresas que prestam serviço à mineradora vão depôr à CPI do Senado que investiga o rompimento da barragem em Brumadinho (MG): Alexandre Campanha (gerente de geotecnia corporativa da Vale), Ana Lúcia Moreira Yoda (engenheira civil da Tractebel Engineering Ltda), André Jum Yassuda (auditor da TÜV SÜD Brasil) e Makoto Namba (auditor da TÜV SÜD Brasil).

Os dois últimos chegaram a ser presos pela polícia durante as investigações sobre a tragédia da Vale, mas foram libertados depois. Ontem, eles foram autorizados pelo STF a ficar em silêncio durante o depoimento.

G1
09:15:30

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *