Venezuela. Um país que não se importa com suas crianças.

Hoje é o Dia das Crianças e no alojamento BV8 em Pacaraima (RR), fronteira do Brasil com a Venezuela, os cerca de 400 meninos e meninas que vivem temporariamente por lá têm um pedido: cholas ou em português, chinelos. Alguns deles não têm calçados para proteger os pequenos pés que cruzaram caminhos difíceis até chegar ao Brasil. Estima-se que 10 mil crianças venezuelanas já entraram no Brasil (Agência Brasil)

11:13:20

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *