Secretária de Saúde esclare dúvida sobre a dengue no município de Presidente Venceslau

A Secretaria de Saúde informa que o município de Presidente Venceslau contabilizou até o dia 10 de fevereiro, 197 casos de dengue, sendo um óbito por Dengue Hemorrágica e outro em investigação, aguardando resultado do exame. Devido a situação, estado de emergência foi decretado, para que com isso o município possa intensificar as ações com a contratação de profissionais e maquinários para enfrentar a situação endêmica.

É importante ressaltar que, desde o início deste ano, trabalhos também estão sendo realizados aos sábados nas áreas de maior do mesmo pelo Governo do Estado. As nebulizações estão sendo feitas nas áreas de maior incidência e conforme a liberação do produto. Mediante a crítica situação, a Secretaria Estadual de Saúde realiza do dia 10 a 14 de fevereiro a “Semana de Estadual de Mobilização Social”, onde convoca toda população para ajudar na luta contra a Dengue.

O Secretário Fernando Hamada pede e mais uma vez reforça, a importância da participação da população em manter seus quintais limpos, sem materiais que acumulem água e que possam ser propícios para a proliferação do Aedes Aegypti. Infelizmente, 80% dos focos encontrados estão nas residências e terrenos.

Ele ainda solicita que os donos de terrenos mantenham estes limpos, e que a população não jogue lixo em terrenos baldios, pois isso aumenta a incidência do mosquito e também o surgimento de outras doenças e agravos. “Para cessar a transmissão é necessário, acabar com os focos de novos criadouros e eliminar os mosquitos adultos. Sem mosquito não há Dengue”, reitera.

A Dengue pode matar, por isso a prevenção é a melhor solução. Quem apresentar febre e mais alguns sintomas como: dor de cabeça, dor ao redor dos olhos, dor no corpo, manchas vermelhas na pele, coceira, náuseas ou vômitos, para que procurem as unidades de saúde, para avaliação e conduta e posterior notificação de todos caso suspeito, pois somente com a notificação o Núcleo de Endemias consegue fazer as ações de bloqueio.

Assessoria de Imprensa
11:40:02

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: