Procurador de MG diz que vai “virar pedinte” com salário de R$ 24 mil, diz jornal

O procurador Leonardo Azeredo dos Santos reclamou publicamente de seu salário de R$ 24 mil em uma sessão da Câmara de Procuradores do MPMG (Ministério Público de Minas Gerais), no dia 12 de agosto. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

“O senhor me desculpe o desabafo, eu estou fazendo a minha parte. Eu estou deixando de gastar R$ 20 mil de cartão de crédito e estou passando a gastar R$ 8 [mil], para poder viver com os meus R$ 24 mil”, disse Azeredo. O áudio na íntegra, com 1 hora e 40 minutos, foi publicado no site da própria instituição.

Os procuradores, cargo que equivale ao de desembargador na hierarquia da promotoria estadual, discutiam o orçamento proposto para 2020. Azeredo começou a indagar quais as soluções previstas para aumentar os salários dos membros do Ministério Público no próximo ano.

“Como é que o cara vai viver com R$ 24 mil? O que é que de fato vamos fazer para melhorar a nossa remuneração? Ou nós vamos ficar quietos? Eu não sei se vou receber a mais, se vai ter algum recálculo dos atrasados que possa me salvar, salvar a minha pele. Eu, de qualquer forma, já estou baixando meu padrão de vida bruscamente, mas eu vou sobreviver”, afirmou.

Estadão Conteúdo
12:00:02

2 Comments

  1. Isso é um tapa na cara do cidadão (trabalhadores e empresários) que pagam seus impostos , cujo dinheiro vai em grande parte sustentar uma máquina estatal improdutiva, corrupta, e ineficiente, e ainda bancar altíssimos salários de parte deum Funcionalismo público cheio de mordomias como esse cara de pau desse procurador. Vergonhoso. Que país é esse?

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *