Messi diz que cogitou deixar Barça por problema fiscal e temeu ver Neymar no Real

Lionel Messi considerou deixar o Barcelona depois de ser alvo das autoridades fiscais espanholas no início da década. O astro argentino disse em uma entrevista à estação de rádio catalã RAC1 que ele teve a sensação de não ser bem tratado na Espanha e não queria ficar no país depois de ser acusado de não pagar seus impostos corretamente.

“Pensei em sair”, disse Messi. “Não porque eu queria sair do Barcelona, mas porque eu queria deixar a Espanha. Eu nunca tive uma proposta oficial, porque todo mundo sabia que eu queria estar no Barcelona, mas era uma situação que ia além do que eu sentia pelo clube”.

Os problemas de Messi com as autoridades espanholas começaram na temporada 2013/2014 e ele acabou recebendo uma sentença de prisão suspensa de 21 meses depois de ser considerado culpado de fraudar o Fisco em 4,1 milhões de euros (aproximadamente R$ 18,4 milhões, na cotação atual). “Foi um momento muito difícil para mim e para minha família”, disse. “Muitas pessoas não sabiam exatamente o que estava acontecendo.”

Messi avaliou sentir que foi usado como exemplo pelas autoridades fiscais espanholas porque ele foi o primeiro jogador a ser alvo da Receita espanhola. “Foi muito difícil, porque eu fui o primeiro. Eles começaram comigo e depois foi atrás de todo mundo.”

Estadão Conteúdo
11:05:03

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *