Jovens jogadores dos EUA ganham cada vez mais espaço nos clubes europeus

A transferência do jogador americano Sergiño Dest, de apenas 19 anos, do Ajax para o Barcelona na semana passada, indica uma nova tendência no futebol europeu. Nos últimos anos, mais jovens atletas dos Estados Unidos ganharam chances em times das principais ligas da Europa. Da Itália à Inglaterra, mais clubes passaram a apostar em joias de 18 a 23 anos do futebol dos EUA.

Compatriota de Dest, o atacante Konrad de la Fuente, de 19 anos também, integra o elenco do time B do Barcelona e está no clube espanhol desde 2015. Aos cinco anos, deixou Miami com a família quando seu pai foi trabalhar no consulado haitiano na Espanha.

Tratado como uma joia do clube, Konrad renovou recentemente seu contrato até 2022. Sua cláusula de compra foi fixada em 50 milhões de euros (quase R$ 330 milhões) com o time catalão, aumentando para 100 milhões de euros (R$ 658 milhões) caso suba para a equipe principal, a mesma de Lionel Messi. Recentemente, estreou na vitória do time de cima sobre o Gimnastic em jogo amistoso.

Mas é a Alemanha o principal destino desses jovens americanos. São cinco atuando no Campeonato Alemão: Chris Richards (Bayern de Munique, de 20 anos), Giovanni Reyna (Borussia Dortmund, de 17 anos), Josh Sargent (Werder Bremen, de 20 anos), Tyler Adams (RB Leipzig, de 21 anos) e Nick Taitague (Schalke 04, de 21 anos). Dos cinco, apenas Taitague ainda não entrou em campo nesta temporada.

Na Itália, Weston McKennie, de 22 anos, é o primeiro atleta americano da história da Juventus e o único representando o país na liga italiana. Já na França, com apenas 20 anos, Timothy Weah, filho do ex-jogador George Weah, veste a camisa do Lille, enquanto em Portugal, o lateral Reggie Cannon, de 22, atua pelo Boavista.

No futebol inglês, o destaque do Chelsea Christian Pulisic tem outros dois conterrâneos: Cameron Carter-Vickers (Tottenham, 22 anos) e Antonee Robinson (Fulham, 23 anos). Enquanto no Holandês, Luca de la Torre (Heracles, 22 anos) completa a lista.

Estadão Conteúdo
14:30:02

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: