Homem curado de câncer terminal morre após queda

O funcionário público Vamberto Luiz de Castro, de 64 anos, que tinha sido curado de um câncer terminal após um tratamento experimental e inédito na América Latina, morreu no dia 11 de dezembro de traumatismo encefálico grave após uma queda em sua casa em Belo Horizonte (MG). A causa da morte foi informada nesta quinta-feira (19) pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. As informações são do G1.

Vamberto tinha sido diagnosticado com o linfoma em 2017 e tinha que tomar altas doses de morfina para aliviar a dor, além de não conseguir andar. A terapia pela qual se submeteu, conhecida como CAR-T e desenvolvida no Brasil, consistia alterar em laboratório o DNA das células T de defesa retiradas do próprio paciente. O procedimento foi feito no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, com auxílio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

IstoÉ
09:30:02

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: