Gilmar Mendes derruba quebra de sigilo de ex-presidente da Vale

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), concedeu uma decisão liminar, nesta terça-feira (11), suspendendo a quebra de sigilo bancário e fiscal do ex-presidente da Vale, Fábio Schvartsman. A análise dos dados do executivo foi solicitada nas investigações sobre a responsabilidade do rompimento da barragem de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Na decisão, o ministro atendeu parcialmente às solicitações dos advogados de Schvartsman. Gilmar Mendes manteve a quebra de sigilo telefônico e telemático, porém apenas para o período em que o diretor ocupou o cargo de presidente da companhia.

R7
12:40:03

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *