Dracena registra dois casos de meningite viral

A Vigilância Epidemiológica Municipal de Dracena confirma dois casos de meningite viral, que é a forma mais comum e menos perigosa da doença. Tratam-se de uma criança de 1 ano e 7 meses, que frequenta a EMEI (Escola Municipal de Educação Infantil) Lar Infantil, no Jardim Brasilândia, e de outra de 3 anos, matriculada na EMEI Nana Nenê, no Jardim das Palmeiras. Esta última está internada na Santa Casa do município e, segundo informações médicas, passa bem.

A municipalidade informa que já entrou em contato com a coordenação da creche Nana Nenê, que adotou as ações necessárias de orientação aos pais e funcionários sobre a meningite viral. Na manhã de hoje, a Vigilância Epidemiológica iniciou os trabalhos de orientação na creche Lar Infantil.

Conforme a enfermeira-chefe do órgão, Karina Akiyama, a ação referente ao caso de meningite consiste na higienização de brinquedos; móveis; maçanetas; objetos; orientação de lavagem de mãos, tanto das crianças quanto dos funcionários; não enviar criança para escola quando ela estiver doente; procurar o serviço de saúde em caso de dor de cabeça, vômito e febre; etc.

Ainda segundo a enfermeira, aproveitando o deslocamento da equipe até a unidade escolar, também será realizada uma varredura de carteirinhas de vacinação dos alunos e funcionários, e, se necessário, providenciará a vacinação, devido à confirmação de um caso de sarampo na última semana, em outra escola.

O Ministério da Saúde não orienta o fechamento da unidade escolar do paciente com suspeita ou confirmação de meningite viral, sendo a recomendação a higienização do ambiente. A Prefeitura ressalta que, nesta época do ano, com a baixa umidade do ar, é comum o aumento da incidência de doenças virais.

O Imparcial
10:45:02

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *