Atendimento psicológico em Suzano

Dois meses após o massacre na Escola Estadual Professor Raul Brasil, que terminou com 10 mortos, 11 feridos e abalou a cidade de Suzano, cerca de 1,4 mil pacientes ainda esperam por atendimento psicológico no município. A Secretaria de Estado de Saúde informou que faz a contratação de 47 psicólogos para atender à demanda, mas não tem data para início das sessões.

G1
11:20:03

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *