Alunos do ETEC visitam empresas importantes de Venceslau

Foram realizadas na última segunda-feira, 13, visitas técnicas, organizadas pelos coordenadores do ETEC, Célia Lima e Edilson Ohta, com o objetivo de correlacionar aos alunos a teoria de sala de aula com a realidade prática vivenciada pelas empresas da região do Oeste Paulista.

As oportunidades das Visitas Técnicas foram proporcionadas para os alunos da área de Gestão e Negócios da ETEC Professor Milton Gazzetti, de Presidente Venceslau, dos Cursos de Técnico em Administração e Contabilidade, alunos da FAPREV – Faculdade de Presidente Venceslau, do Curso de Bacharelado em Administração e os alunos da Classe Descentralizada de Santo Anastácio, do Curso Técnico em Contabilidade.

A primeira empresa a ser visitada foi a Neiplast Injeções Termoplásticas, a partir das 16h40, em Alfredo Marcondes, com recepção proporcionada pelo proprietário Claudinei Vicente Maino e apresentação da história da empresa,  projetos futuros da organização, observação das máquinas em funcionamento, forma de atuação do RH, dos processos produtivos, bate papo e atendimento dos questionamentos dos alunos. Ao final foi fornecido um coffee break e brindes dos produtos fabricados pela empresa aos visitantes.

Na segunda empresa a ser visitada foi no Centro de Operações Integradas da Energisa, às 19 horas, em Presidente Prudente, com a recepção extraordinária do Coordenador do COI Douglas Eugênio da Cruz com a apresentação da principal atividade, normas dos órgãos fiscalizadores, da atuação geográfica, procedimentos no atendimento ao cliente, suporte tecnológico, trabalho em equipe, perfil do colaborador, estado de emergência, planejamento e previsões, índices de performance e resultados, parâmetros, qualidade.

Houve um bate papo com os alunos, atendimento aos questionamentos dos alunos, abertura de oportunidades para ingressar na empresa. E ao final foi distribuído brindes da empresa como lembrança aos visitantes. As duas Visitas Técnicas foram excelentes pela cortesia e atenção por parte das empresas com os alunos. Para os alunos foram oportunidades distintas por conviverem em realidades totalmente diferentes e terem a possibilidade de vivenciarem momentos de observação e aproximação, mas a lição que obtiveram que é possível se tornar empreendedor desde que acreditem no próprio sonho ou trabalhar numa grande empresa desde que busquem pela qualificação profissional.

16:01:03

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *