43ª Faive movimenta cerca de R$ 6 milhões, segundo Bueno

O presidente da 43ª Feira Agropecuária e Industrial de Presidente Venceslau, Wagner Bueno, avaliou de maneira positiva a realização de mais uma Faive no município. Superando os dados dos anos anteriores, o evento movimentou a economia local em cerca de R$ 6 milhões, incluindo a pecuária, comércio, entretenimento e outros setores.

Para a realização do evento, a comissão organizadora precisou superar dificuldades econômicas. Para lidar com a questão, foi necessária a realização de um ajuste de finanças muito forte, com economia nos setores. Nem mesmo o tempo frio no primeiro final de semana atrapalhou a festa. “Mesmo assim (com as dificuldades), conseguimos fazer um evento enxuto, mas consistente”, pontuou o presidente.

A grade de shows com atrações de destaque no cenário nacional movimentou milhares de pessoas. No show de Maiara & Maraísa, um público de 9 mil pessoas foi registrado. Na quinta, com Diego & Arnaldo, a plateia teve 4,8 mil pagantes. No show de sexta com Edson & Hudson, cerca de 6 mil pessoas estiveram na arena. Por fim, quase 10 mil pessoas acompanharam o show de Leonardo no sábado. Neste ano, houve ainda a inovação na questão do formato, segundo Bueno. “Começamos no sábado (3) com a cobrança de ingresso em todos os portões e, diante de uma avaliação e um planejamento que já havia sido feito pela comissão, nós decidimos então abrir os portões da praça de alimentação para os demais shows e a experiência foi muito positiva. Tivemos uma troca de público muito grande. Pessoas que estavam com as famílias na praça de alimentação, no parque de diversões e pessoas que estavam dispostas a irem aos shows, que já tinham comprado o ingresso”, explicou. “O recinto teve uma movimentação muito grande nos diferentes horários de funcionamento, de uma forma que isso favoreceu os barraqueiros, expositores, aqueles que estavam aqui na praça de alimentação, no parque de diversões. Todos eles superaram a crise também e conseguiram um bom resultado de negócios”, destacou.

A parte da pecuária também registrou bons índices de vendas, com direito a quebra de recorde no leilão Nelore da Dourada, de Francisco Azenha e família. O evento realizado na quinta-feira (8) teve média alta de comercialização de lotes. Considerando apenas os quatro leilões realizados durante a Feira, foram movimentados cerca de R$ 4 milhões. “Se colocarmos tudo que movimentou entre praça de alimentação, parque de diversões e shows, a feira passa esse ano de R$ 6 milhões em movimento financeiro. É um montante muito positivo e que representa realmente a força que a Faive tem no mercado na região”, frisou.

Além da movimentação dos leilões, atividades da pecuária foram retomadas em 2019. O retorno do Projeto Cavalo ofereceu a exposição de equinos, palestras e apresentações de hipismo e volteio com o Centro Hípico Bianca Maria, aumentando a participação do público com o setor.

Com o objetivo de fortalecer a atividade desde que assumiu a presidência da Feira, em 2017, Wagner destacou a exposição de animais Nelore e Indubrasil, sendo que o gado desta última raça pertence à família precursora da genética do animal no país.

Diante das boas notícias, seria um erro não ressaltar o retorno da Associação Paulista dos Criadores de Ovinos (Aspaco) para a Faive após um longo período. Esta participação, inclusive, deve ser fortalecida para o ano que vem, com a realização do julgamento de carneiros.

Atividades que caíram nas graças da criançada foram um capítulo à parte durante esta 43ª edição da feira. A volta do rodeio mirim atraiu centenas de jovens interessados em participar das montarias em carneiros, pôneis e mini bois. A exemplo do ano anterior, foi promovida a presença do passeio de pônei e de charrete. No Dia de Cão, outra atração já tradicional, foi possível notar a participação de crianças com seus pets em um momento muito especial para todas as famílias. “Foi muito bonito, as crianças participando, montarias em carneiros, criançada se divertiu, então foi uma feira completa, com entretenimento, negócios e superação em todos os setores”, concluiu o presidente.

Eduardo Maduro/Assessor de Imprensa – Faive
16:25:02

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *