Dr. Rondó

Fim do Horário de Verão: Sua Saúde Agradece!
Saúde

Ao final do horário de verão, ajustando o seu relógio 1 hora para trás, as pessoas ganham 1 hora a mais de sono. Na verdade elas ganham muito mais que isso. Essa “volta ao normal” pode agregar alguns benefícios para você:

  1. Redução do risco de doença cardíaca em 21%.
  2. Nos 2 primeiros dias após o ajuste do relógio, há uma redução de 10% de risco de ataque cardíaco.
  3. Redução de acidentes de transito.
  4. Redução de agressões por acidentes de trabalho.
  5. Aumento de produtividade.
  6. Menor susceptibilidade a doenças.

Agora, uma pergunta: será que estas alterações provocadas pelo horário de verão realmente causam economia de energia?

Ironicamente, hoje as pessoas não aproveitam o seu tempo extra de dia, pois acabam ficando em ambientes com ar condicionado. E aí elas gastam mais do que a energia das luzes!

Portanto, o horário de verão, com finalidade de economia de luz, não ajuda em nada. O normal é pensar que 1 hora não faz diferença, mas essa mudança provoca alterações em todo o corpo.

No horário de verão, com a redução de 1 hora de sono, ocorre:

  • Aumento de expressão de genes associados com inflamação, diabetes, risco de câncer e estresse.
  • Aumento de risco cardiovascular.
  • Envelhecimento precoce, por interferir na produção do HgH, que normalmente é liberado pela glândula pituitária durante o sono profundo.
  • A falta de sono promove aumento de corticosterona (hormônio do estresse) resultando em comprometimento da produção de novas células cerebrais.
  • Aumenta a resistência à insulina, o que pode levar a ganho de peso.
  • Portanto, para recuperar esses efeitos do horário de verão e corrigir o seu relógio biológico, aconselho:
  • Evite ver TV e usar o computador à noite, pois as ondas azuis do mesmo causam excitação cerebral comprometendo a liberação de melatonina.
  • Exposição ao sol de modo regular, pois o contraste da claridade do dia com a escuridão da noite tem efeito importante na produção da melatonina.
  • Dormir em completa escuridão, pois assim você não compromete a produção de melatonina. Qualquer luz, mesmo que seja de relógio, aparelhos eletrônicos, tem efeito indesejável no seu relógio biológico.
  • Mantenha a temperatura do quarto em até 23º C, no máximo que segundo estudos é o ideal para dormir.
  • Banho quente cerca de 1 hora antes de deitar também tem efeito relaxante e indutor de sono.
  • Evite atividade física intensa à noite por comprometer o seu relaxamento para o sono.

Vamos lá! Acerte seu relógio e tome algumas atitudes para ter uma supersaúde e um ótimo sono!

0102Dr. Wilson Rondó é Cirurgião Vascular e trabalhou como residente na Clinique Du Mail La Rochelle, na França. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva.

“A prevenção é a melhor medicina.”

14:00:36

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.